Porto Alegre: (51) 3230-2771
Lajeado: (51) 3709-2367
(51) 98157.2514 Tim | (51) 99500.6025 Vivo

Sobre o doutor

 FORMAÇÃO MÉDICA / BOLETIM / ESPECIALIZAÇÕES

11/2014: Membro da ISSM - International Society for Sexual Medicine.

05/2012: Membro da AUA - American Urological Association.

11/2007: Membro Titular da Sociedade Brasileira de Urologia - aprovação na prova de Título de Especialista durante a Jornada Carioca de Urologia.

05/2005 - 06/2006: Especialização em Cirurgia Laparoscópica Urológica, Faculdade de Medicina Saint Antoine, Paris VI, Hospitais Henri Mondor e Max Fourestier, Paris, França.

12/2002 - 12/2004: Especialização em Urologia, Hospital Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, RS, Brasil.

12/2000 - 12/2002: Especialização em Cirurgia Geral, Hospital de Clínicas de Porto Alegre, RS, Brasil.

07/1994 - 07/2000: Estudos médicos na Faculdade de Medicina da UFRGS, Porto Alegre, RS, Brasil.

 

Resumo de notas obtidas nas disciplinas da Faculdade de Medicina

Notas 'A': 33 ( ótimo )
Notas 'B': 14 ( bom )
Notas 'C': 2 ( regular )
Notas 'D': nenhuma ( insatisfatório )
Notas 'E': nenhuma ( falta de freqüência )



PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS

05/2017: Congresso Americano de Urologia (AUA), Boston - EUA.

05/2016: Congresso Americano de Urologia (AUA), San Diego - EUA.

11/2015: Congresso Brasileiro de Urologia, Rio de Janeiro, RJ.

05/2015: Congresso Americano de Urologia (AUA), New Orleans - EUA.

10/2014: Congresso Mundial de Sexualidade (ISSM SLAMS), São Paulo.

05/2014: Congresso Americano de Urologia (AUA), Orlando - EUA.

05/2013: Congresso Americano de Urologia (AUA), San Diego - EUA. 

07/2012: Congresso Sulbrasileiro de Urologia, Balneário Camboriú, SC.

05/2012: Congresso Americano de Urologia (AUA), Atlanta - EUA.

11/2011: Congresso Brasileiro de Urologia, Florianópolis, SC.

05/2011: Congresso Americano de Urologia (AUA), Washington - EUA.

09/2010: Congresso Paulista de Urologia, São Paulo, SP.

05/2010: Congresso Americano de Urologia (AUA), San Francisco - EUA.

05/2009: Congresso Americano de Urologia (AUA), Chicago - EUA.

09/2009: Congresso Brasileiro de Urologia, Goiânia - GO.

05/2008: Congresso Americano de Urologia (AUA), Orlando - EUA.

04/2006: VII Jornada Européia de Câncer Prostático, Dublin - Irlanda.

04/2006: Congresso Europeu de Urologia, Paris - França.

10/2005: XXX Congresso Brasileiro de Urologia, Brasília, DF.

10/2005: Congresso Francês de Urologia, Paris - França.

08/2004: III Congresso Internacional de Videocirurgia, Gramado - RS.

11/2003: XXIX Congresso Brasileiro de Urologia, Foz do Iguaçu - PR.

11/1999: XXVII Congresso Brasileiro de Urologia, Rio de Janeiro - RJ.

11/1997: XXVI Congresso Brasileiro de Urologia, Blumenau - SC.

 

 

LIVROS PUBLICADOS


'Revisão e Testes em Cirurgia'. / Alessandro Rossol e cols - 1.ed.- Porto Alegre, Editora Livre, 2004 / ISBN 85-98551-01-5.

'Manual de Cirurgia'. Alessandro Rossol e cols - Publicação extra-oficial editada na Gráfica da Faculdade de Medicina da UFRGS em 2001 com 500 exemplares distribuídos a acadêmicos de medicina de Porto Alegre.

 

 

CAPÍTULOS DE LIVROS PUBLICADOS


- Capítulos do livro: 'Revisão e Testes em Cirurgia', Rossol A. 1ªed. Ed. Livre, 2004: Disfunção erétil, Câncer da Próstata, HBP, Abdômen Agudo, Acesso Venoso Central, Urolitíase, Avaliação e Preparo do Paciente Cirúrgico, Sondagem Vesical, Tubos e Drenos, Drenagem de Tórax, Hiperplasia Prostática Benigna, Hérnias, Cirurgia Pediátrica, Patologias Benignas do Cólon, Pólipos e Câncer do Cólon, Videolaparoscopia.- Capítulos do livro: 'Revisão e Testes em Cirurgia', Rossol A. 1ªed. Ed. Livre, 2004: Disfunção erétil, Câncer da Próstata, HBP, Abdômen Agudo, Acesso Venoso Central, Urolitíase, Avaliação e Preparo do Paciente Cirúrgico, Sondagem Vesical, Tubos e Drenos, Drenagem de Tórax, Hiperplasia Prostática Benigna, Hérnias, Cirurgia Pediátrica, Patologias Benignas do Cólon, Pólipos e Câncer do Cólon, Videolaparoscopia.- Capítulos do livro: 'Revisão e Testes em Cirurgia', Rossol A. 1ªed. Ed. Livre, 2004: Disfunção erétil, Câncer da Próstata, HBP, Abdômen Agudo, Acesso Venoso Central, Urolitíase, Avaliação e Preparo do Paciente Cirúrgico, Sondagem Vesical, Tubos e Drenos, Drenagem de Tórax, Hiperplasia Prostática Benigna, Hérnias, Cirurgia Pediátrica, Patologias Benignas do Cólon, Pólipos e Câncer do Cólon, Videolaparoscopia.

- Capítulo do livro: 'Urologia Oncológica', Rhoden E. 1ªed. Ed Revinter, 2004: Carcinoma Epidermóide e Adenocarcinoma de Bexiga.

 

MONITORIAS NA FACULDADE DE MEDICINA

07/1999 - 07/2000: Monitor da disciplina de Cirurgia.
09/1997 - 12/1998: Monitor da disciplina de Patologia
08/1995 - 12/1995: Monitor da disciplina de Anatomia Humana II
03/1995 - 12/1995: Monitor da disciplina de Anatomia Humana I

 

BOLSAS DE PESQUISA


04/1999 - 12/1999: 'Estudo Multicêntrico, Aberto, com Administração de Doses Escalonadas de Sildenafil, em Pacientes com Disfunção Erétil' - FAPERGS - orientador: Prof. Walter José Koff.

08/1997 - 07/1998: 'Análise da Correlação entre Urofluxometria (Fluxo Máximo) e Escore Internacional de Sintomas Prostáticos na Língua Portuguesa' - CNPQ/UFRGS - orientador: Prof. Walter José Koff.

04/1997 - 07/1997: 'Efeito do Diabetes por Estreptozotocina sobre a Pressão Arterial, Resposta Pressora e o Reflexo Pressorreceptor no Rato' - PROPESQ - orientadora: Profª Maria Cláudia Irigoyen.

07/1996 - 04/1997: 'Cirurgias Ambulatoriais com Anestesia Local no Posto de Saúde da Vila Cruzeiro (PAM-3) em convênio com a Prefeitura Municipal de Porto Alegre' - PROREXT - orientador: Prof. Hilberto Corrêa de Almeida.

 

TRABALHOS CIENTÍFICOS

01/1999 - 08/1999: 'Estudo multicêntrico randomizado duplo-cego com grupos paralelos para comparar a eficácia do GI 198745 vs. finasterida por 12 meses no tratamento de pacientes com hiperplasia prostática benigna', orientador: Prof. Walter José Koff.

10/1998 - 07/1999: 'Estudo multicêntrico, aberto, com administração de doses escalonadas flexíveis para avaliação da eficácia, segurança e tolerabilidade do sildenafil (Viagraâ), administrado de acordo com a necessidade a pacientes do sexo masculino com disfunção erétil', orientador: Dr. João Fittipaldi.

03/1998 - 11/1998: 'Estudo clínico nacional, multicêntrico, duplo-cego, com a droga serenoa repens no tratamento da hiperplasia de próstata', orientador Prof. Walter José Koff. 

 

PUBLICAÇÕES NA LITERATURA MÉDICA

- 36 publicações em revistas médicas nacionais e internacionais, dentre elas:
'Diverticulectomia Vesical Videolaparoscópica'. Revista do III Congresso Internacional de Videocirurgia, 2004.

'White Box - Projeto piloto para treinamento doméstico em videocirurgia videolaparoscópica'. Revista do III Congresso Internacional de Videocirurgia, 2004.

'Vesiculectomia Seminal Videolaparoscópica'. Revista do III Congresso Internacional de Videocirurgia, 2004.

'Adenocarcinoma Primário da Bexiga'. Revista da ATM 00/1, Porto Alegre-RS, v20, n.1,2000.

'Pielonefrite Xantogranulomatosa Enfisematosa'. Revista da ATM 00/1, Porto Alegre-RS, v20, n.1,2000.

'Correlação entre escore de sintomas (Ipss) e qualidade de vida em pacientes com HBP'. Revista do Congresso Brasileiro de Urologia, 1997.

 

OUTRAS ATIVIDADES

10/1999: 'II Programa Comunitário de Rastreamento das Doenças Prostáticas' - ambulatório de Urologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre'.

04/1999: 'Cirurgias Ambulatoriais' - Posto de Saúde Comunitário da Vila Cruzeiro III, Porto Alegre.

10/2000: 'III Programa Comunitário de Rastreamento das Doenças Prostáticas' - ambulatório de Urologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre '.

 

ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS CIENTÍFICOS

08/2003: 'XV Jornada de Atualização em Urologia' da Santa Casa de Porto Alegre - RS.

10/1997: 'II Fórum de Debates da Saúde do Esporte do Rio Grande do Sul', Porto Alegre - RS.

04/1997: 'Diagnóstico por Imagem', Hospital de Clínicas de Porto Alegre - RS.

 

JORNADAS DE ATUALIZAÇÃO


1998 - 2004: Transplantes, Pré e Pós Operatório, Cirurgia Vaginal, Diagnóstico por Imagem, Urgências Cirúrgicas, Nefrologia, Bioética, Urodinâmica.

 

IDIOMAS

Inglês:
Compreende: Muito bem.
Fala: Bem.
Lê: Muito bem.
Escreve: Bem.

Francês:
Compreende: Muito bem.
Fala: Muito bem.
Lê: Muito bem.
Escreve: Bem.

 

ESTÁGIOS NO BRASIL

09/2003 - Urologia Pediátrica - Hospital Santo Antônio - Porto Alegre, RS.
08/2002 - Urologia - Santa Casa de Porto Alegre, RS.
07/2002 - Coloproctologia - Hospital de clínicas de Porto Alegre, RS.
01/2002 - Cirurgia do Trauma - Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre, RS.
07/2001 - Urologia - Hospital de clínicas de Porto Alegre, RS.
01/1999 - Cirurgia Geral - Hospital Nª Senhora Conceição de Porto Alegre.
04/2000 - Cirurgia Gastro-Intestinal - Hospital da Universidade de Santa Catarina.
01/1997 - Cirurgia Geral - Hospital de clínicas de Porto Alegre, RS.

 

ESTÁGIOS NO EXTERIOR

03/2006: Laparoscopia Urológica - Clinica Saint Augustin, Bordeaux, França.
03/2005 - 05/2005: Laparoscopia Urológica - Institute Mutualiste Montsouris, Paris, França.
02/1998 - 03/1998: Cirurgia da Mão - Cleveland Clinic, Fort Lauderdale, Flórida, EUA.

 

O Dr. ROSSOL E A LAPAROSCOPIA 

Os recentes progressos da urologia conduzem a especialidade para cirurgia dita minimamente invasiva. Significa que as cirurgias com grandes incisões estão cedendo espaço para as cirurgias com incisões limitadas.

Os primeiros modelos de procedimentos avançados foram a endourologia e a litotripsia extra-corpórea (LECO), que possibilitaram tratar a maioria dos cálculos sem incisão cirúrgica.

Entretanto as últimas duas décadas foram marcadas pela cirurgia laparoscópica, tanto na urologia como em praticamente todas especialidades cirúrgicas. Na urologia esta técnica já é utilizada de rotina nos principais centros especializados.

As vantagens da técnica laparoscópica já estão bem definidas. Graças aos modernos sistemas ópticos e ao aumento da imagem do campo cirúrgico, o gesto é muito mais preciso e com mais qualidade. A evolução pós-operatória é mais rápida, assim como o retorno às atividades rotineiras. A dor é notavelmente menor que na cirurgia aberta, e a transfusão sangüínea é bastante infreqüente.

A cirurgia laparoscópica em urologia evita grandes incisões, apresenta menor lesão de músculos, reduz cicatrizes e diminui o risco de infecções.

Patologias dos rins, ureteres, supra-renais, bexiga e próstata podem ser tratados pela técnica videolaparoscópica.
 

laparoscopia
TREINAMENTO EM VIDEOLAPAROSCOPIA - Hospital Henry Mondor, França / 2006

 

O Dr. Rossol começou instrução em laparoscopia na Residência de Cirurgia Geral, no Hospital de Clínicas de Porto Alegre juntamente com cursos práticos experimentais em laparoscopia.

Na Residência de Urologia, na Santa Casa de Porto Alegre aprendeu a aplicação da laparoscopia para o tratamento de patologias urológicas juntamente com os instrutores do Serviço chefiado pelo Professor Carlos Souto.

Realizou programa de fellowship (participação em cirurgias) com o Dr. Mirandolino Mariano, que é um dos "experts" da técnica laparoscópica em urologia.

Foi para a França em 2005, onde permaneceu por dois anos em Programa de Pós-Graduação na Universidade Pierre e Marie Curie, da faculdade de medicina de Paris.

Iniciou acompanhando a equipe do Professor Guy Vallancien, do Instituto Montsouris e depois trabalhou como médico Residente do Professor Claude Abbou, do Hospital Henri Mondor (http://urologie-chu-mondor.aphp.fr/_enseignement/residents.htm).

 

laparoscopia
Drs. Alexandre de la Taille, Guillaume Gichard, Claude Abbou, Alessandro Rossol e David Abelha
Hospital Henri Mondor, França

Antes de retornar ao Brasil, atuou como médico contratado do serviço de urologia do Hospital Max Fourestier, chefiado pelo Dr. Aurel Messas.

Atualmente faz parte do grupo de urologia do Hospital Mãe de Deus, de Porto Alegre.


 

O INTERESSE PELA MICROCIRURGIA

O Dr. Rossol é membro da ISSM - International Society of Sexual Medicine.

Iniciou formação em Andrologia na Santa Casa de Porto Alegre, sob a orientação do Professor Cláudio Telöken e depois continuou especialização em medicina sexual e reprodução humana.

Como microcirurgião, tem se dedicado à realização de cirurgias com o uso de microscópio e instrumentais cirúrgicos de alta precisão. O treinamento com estes materiais em estruturas anatômicas do trato gênito-urinário proporcionam maior precisão e qualidade ao ato cirúrgico, aumentando as chances de sucesso do procedimento.

Anualmente tem realizado cursos de aperfeiçoamento em Cirurgia Andrológica no Congresso da Associação Americana de Urologia. Principalmente cirurgias do tratamento de Tortuosidade Peniana Congênita, Doença de Peyronie, Prótese Peniana, Varicocele e Reversão de Vasectomia.