Exercício físico pode ajudar homens com disfunção erétil?

Sim.

Além de outros benefícios para a saúde, o exercício regular pode melhorar as ereções de um homem de várias maneiras. O exercício é bom para o sistema circulatório. Ele mantém o sangue fluindo melhor por todo o corpo. Fluxo sanguíneo suficiente para o pênis é essencial para uma ereção firme. Quando um homem é sexualmente estimulado, seu pênis se enche de sangue. Esse sangue lhe dá a rigidez que ele precisa para a atividade sexual. Uma vez que ele ejacula, o sangue flui para fora do pênis e volta para o resto do corpo. Sem fluxo sanguíneo adequado, podem ocorrer problemas de ereção. Em alguns casos, a ereção é fraca. Em outros, o homem é incapaz de ter uma ereção.

Nado e remo 2

Às vezes, problemas de fluxo sangüíneo se desenvolvem devido a danos no endotélio ou no músculo liso do pênis – tecidos do pênis que são importantes para as ereções normais. Esse dano pode ser resultado de pressão alta ou de tabagismo. Também pode acontecer se um homem tiver níveis elevados de colesterol, triglicerídeos ou açúcar no sangue. Uma vez que o endotélio ou músculo liso seja danificado, o pênis pode não funcionar normalmente, mesmo com fluxo sanguíneo adequado. A aterosclerose (endurecimento das artérias) também tem maior probabilidade de se desenvolver. A placa se acumula nas paredes das artérias, o que pode retardar ou bloquear completamente o fluxo sangüíneo.

Como as artérias do pênis são muito pequenas, muitas vezes a DE é um dos primeiros sinais de danos resultantes de outras condições médicas, como diabetes e doenças cardíacas. O exercício faz mais do que melhorar o fluxo sanguíneo peniano. Manter-se em forma mantém o peso de um homem sob controle, aumenta seus níveis de testosterona e aumenta sua confiança. Também pode reduzir a depressão e a ansiedade.

Além disso, o sexo exige certa capacidade aeróbica e alguma flexibilidade articular (acariciar e estimular a parceira ou mudar de posição durante o sexo). O exercício regular pode facilitar essas atividades.  Esses fatores podem afetar as ereções, bem como outros aspectos da saúde sexual.

Quanto exercício um homem precisa para melhorar a função erétil? Os cientistas consideraram esta questão em um artigo de abril de 2018 no Journal of Sexual Medicine.

Depois de analisar 10 estudos sobre o assunto, os especialistas recomendaram 160 minutos semanais de atividade aeróbica moderada de intensidade supervisionada (divididos em blocos de 40 minutos 4 vezes por semana) para homens com disfunção erétil causada por inatividade física, pressão alta, síndrome metabólica ou doença cardíaca. Os homens podem optar por alternar atividades moderadas e vigorosas ou adicionar treinamento de força ao seu regime.

Em geral, o exercício aeróbico aumenta a frequência cardíaca de uma pessoa. Alguns exemplos são:

Caminhar rapidamente
Correr 
Nadar
Pedalar
Dançando
Ter aulas de aeróbica em uma academia
Pular corda
Surfar
Os homens devem consultar um médico antes de iniciar qualquer programa de exercícios. Com a orientação de um médico, um homem pode escolher os tipos de exercícios que são melhores para ele.

Fonte Bibliográfica: 

Healthline

Chertoff, Jane
“10 Aerobic Exercise Examples: How to, Benefits, and More”
(Reviewed: May 3, 2018)
https://www.healthline.com/health/fitness-exercise/aerobic-exercise-examples

MedicineNet

Weil, Richard, MEd, CDE
“Aerobic Exercise”
(Reviewed: August 10, 2017)
https://www.medicinenet.com/aerobic_exercise/article.htm#what_resources_are_available_to_people_interested_in_aerobics

Sexual Medicine

Gerbild, Helle, PT, et al.
“Physical Activity to Improve Erectile Function: A Systematic Review of Intervention Studies”
(April 13, 2018)
https://www.smoa.jsexmed.org/article/S2050-1161(18)30029-1/fulltext

Psychology Today

Arash Emamzadeh
“Physical Activity Improves Erectile Function”
(May 8, 2018)
https://www.psychologytoday.com/us/blog/finding-new-home/201805/physical-activity-improves-erectile-function

SexHealthMatters.org

“Exercise for Better Erections”
(April 21, 2015)
http://www.sexhealthmatters.org/sex-health-blog/exercise-for-better-erections

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Download Formulários

Biópsia por Agulha

Biópsia Prostática

Cirurgia da Curvatura Peniana na Doença de Peyronie

Cistolitotomia

Cistolitotomia Videolaparoscópica

Cistolitotripsia Transcistoscópica

Colocação de Cateter Duplo J Trasureteral

Correção Cirúrgica de Incontinência Urinária

Geral - Operações Cirúrgicas

Implante de Prótese Peniana Maleável

Litotripsia Extracorpórea por Ondas de Choque (LECO)

Nefrectomia Parcial por Calculose

Nefrectomia Radical com ou sem Linfadenectomia Retroperitonial

Nefrectomia Videolaparoscópica

Nefrectomia Videolaparoscópica do Rim Doador do Transplante Renal

Nefrolitotomia Anatrófica por Calculose Renal

Nefrolitotomia Simples por Calculose Renal

Nefrolitotripsia Associada à Endopielotomia Percutânea

Nefrolitotripsia Percutânea

Nefrolitotripsia Transureteroscópica

Nefrolitotripsia Transureteroscópica com Endopielotomia

Nefropaxia Videolaparoscópica

Nefrostomia Percutânea

Orquidopexia

Orquiectomia Bilateral

Orquiectomia Unilateral por via Inguinal

Pielolitotomia (Calculose Renal)

Pieoloplastia Videolaparoscópica

Postectomia

Prostatectomia para H.P.B. Transvesical ou Retropúbica

Prostatectomia Radical Retropúbica com Linfadenectomia

Prostatectomia Radical Videolaparoscópica

Ressecção Transuretral da Próstata

Ressecção Transuretral de Tumor Vesical

Tratamento Cirúrgico da Hidrocele

Tratamento Cirúrgico da Varicocele

Tratamento Cirúrgico Videolaparoscópico de Cisto Renal

Tratamento Endoscópico da Ureterocele

Ureterolitotomia

Ureterolitotripsia Transureteroscópica

Uretrotomia interna

Ureterolitotomia Videolaparoscópica

Nefroureterectomia Videolaparoscópica

Uretroplastia

Vasectomia

Correção cirúrgica de tortuosidade peniana congênita

Open chat
1
💬 Alguma dúvida?
Olá 👋🏻 Podemos te ajudar?