Estudo mostra que tratamento da disfunção erétil com terapia por ondas de choque mais tadalafil pode ser uma combinação promissora para pacientes com disfuncao eretil (DE) leve a moderada.

A disfunção erétil (DE), ou a incapacidade de obter ou manter uma ereção firme o suficiente para uma atividade sexual satisfatória, é uma condição relativamente comum que afeta homens em todo o mundo. Nos últimos anos, os pesquisadores vêm testando a eficácia de terapias restauradoras destinadas a regenerar tecidos, vasos e nervos danificados que podem estar contribuindo para a disfunção erétil. Uma dessas terapias é a terapia por ondas de choque de baixa intensidade (LiST).

Nos ensaios clínicos até agora, LiST parece ser uma abordagem segura de primeira linha para o tratamento de disfunção erétil sem efeitos colaterais adversos relatados.

No entanto, mais pesquisas são necessárias para demonstrar sua eficácia como tratamento de disfunção erétil, seja sozinho ou em combinação com outros tratamentos de disfunção erétil. Os autores de um estudo recente no Journal of Sexual Medicine procuraram avaliar a eficácia do LiST em combinação com tadalafil (um inibidor da fosfodiesterase tipo 5 (PDE5i) aprovado para o tratamento da disfunção erétil) em homens com disfunção erétil vasculogênica leve a moderada. Para fazer isso, eles criaram o primeiro ensaio clínico duplo-cego, randomizado e controlado por placebo para examinar o efeito de LiST e tadalafil versus LiST e placebo na função erétil de pacientes com disfunção erétil.

Métodos

Cinquenta pacientes com disfunção erétil vasculogênica leve a moderada foram recrutados para este ensaio clínico. Para serem incluídos, eles deveriam atender aos seguintes critérios:

  • Homem sexualmente ativo em um relacionamento heterossexual por pelo menos 3 meses
    entre as idades de 40-70 anos
  • Diagnosticado com ED vasculogênico e usando PDE5i regularmente
  • Resposta parcial ou boa ao PDE5i (definida como pelo menos 5 de 10 tentativas de relações sexuais bem-sucedidas após o uso do PDE5i para resposta “parcial”, pelo menos 7 de 10 para resposta “boa”)
  • Presença demonstrada de DE vasculogênica leve a moderada com uma pontuação do Índice Internacional de Função Erétil-Função Erétil (IIEF-EF) de 17–25
  • Acordo para suspender outros tratamentos de disfunção erétil durante o julgamento
  • Acordo para tentar ter relações sexuais e documentar o resultado pelo menos 4 vezes por mês durante o julgamento
  • Os cinquenta participantes que foram incluídos no estudo foram divididos aleatoriamente no grupo LiST e tadalafil (n = 25) e no grupo apenas LiST (n = 25). Os participantes do grupo LiST e tadalafil completaram seis sessões de LiST no total (duas vezes por semana durante três semanas), enquanto tomavam 5 mg de tadalafil uma vez por dia durante quatro semanas.
  • Aqueles no grupo apenas LiST seguiram o mesmo protocolo LiST, mas tomaram 5 mg de placebo uma vez por dia durante quatro semanas.

A função erétil foi avaliada para todos os participantes na linha de base, bem como em 1, 3 e 6 meses após o tratamento através do IIEF-EF.

Resultados

A idade média dos participantes foi de 56,5 anos. Cerca de metade dos participantes (24/50) relataram disfunção erétil leve e os 26 participantes restantes relataram disfunção erétil leve a moderada. Os participantes com disfunção erétil leve foram divididos aleatoriamente igualmente entre o tratamento combinado e os grupos apenas com LiST, assim como aqueles com disfunção erétil leve a moderada.

Após o ajuste para os valores basais, os pesquisadores descobriram que os escores do IIEF-EF dos pacientes tratados com LiST e tadalafil mostraram mais melhora do que os escores dos pacientes tratados com LiST apenas nas avaliações de 1, 3 e 6 meses.

Em 1 mês, as pontuações do IIEF-EF do grupo LiST e tadalafil melhoraram 0,8 pontos a mais do que as do grupo apenas LiST.
Aos 3 meses, suas pontuações IIEF-EF melhoraram 1 ponto a mais do que as pontuações do grupo apenas LiST.
Finalmente, aos 6 meses, suas pontuações no IIEF-EF melhoraram 1,7 pontos a mais do que as pontuações do grupo apenas com LiST.
No geral, os números de pacientes que viram uma diferença clinicamente importante mínima (MCID) em suas pontuações IIEF-EF entre os dois grupos foram os seguintes:

Vinte e quatro (24) participantes do grupo LiST e tadalafil atingiram um MCID em 1 mês, em comparação com 21 dos participantes do grupo apenas LiST.
Aos 3 meses, todos os 25 participantes do grupo LiST e tadalafil atingiram um MCID, em comparação com 20 dos participantes do grupo apenas LiST.
Novamente aos 6 meses, todos os 25 participantes do grupo LiST e tadalafil atingiram um MCID, enquanto 22 dos participantes do grupo apenas LiST obtiveram um MCID.
Não houve efeitos colaterais adversos relatados em nenhum momento durante o estudo.

Discussão e Conclusão

Embora os resultados deste ensaio clínico pareçam promissores, os autores reconhecem que são necessários ensaios adicionais para ampliar o escopo desta pesquisa. Eles explicaram: “O presente estudo recrutou pacientes com DE vasculogênica leve ou leve a moderada que estavam em tratamento regular com inibidores de PDE5 e optaram por uma modalidade de tratamento alternativa. Nossos achados sugerem que a combinação de 6 sessões de LiST duas vezes por semana por 3 semanas e tadalafil 5 mg uma vez ao dia por 4 semanas pode melhorar ainda mais a DE vasculogênica leve ou leve a moderada em comparação com a monoterapia com LiST em pacientes com resposta prévia boa ou parcial a inibidores de PDE5. Ainda assim, essas descobertas não foram robustas em todos os momentos e em todos os resultados.”

No entanto, dado que esses dois tratamentos de primeira linha para a disfunção erétil são comparativamente não invasivos e geralmente seguros para os pacientes, não interagem mal um com o outro e, de fato, parecem produzir melhores resultados quando usados ​​em conjunto, essa pode ser uma combinação promissora opção de tratamento para pacientes com DE leve a moderada.

Bibliografia

Mykoniatis, I., Pyrgidis, N., Zilotis, F., Kapoteli, P., Fournaraki, A., Kalyvianakis, D., & Hatzichristou, D. (2022). The Effect of Combination Treatment With Low-Intensity Shockwave Therapy and Tadalafil on Mild and Mild-To-Moderate Erectile Dysfunction: A Double-Blind, Randomized, Placebo-Controlled Clinical Trial. The journal of sexual medicine19(1), 106-115. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jsxm.2021.10.007

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Download Formulários

Biópsia por Agulha

Biópsia Prostática

Cirurgia da Curvatura Peniana na Doença de Peyronie

Cistolitotomia

Cistolitotomia Videolaparoscópica

Cistolitotripsia Transcistoscópica

Colocação de Cateter Duplo J Trasureteral

Correção Cirúrgica de Incontinência Urinária

Geral - Operações Cirúrgicas

Implante de Prótese Peniana Maleável

Litotripsia Extracorpórea por Ondas de Choque (LECO)

Nefrectomia Parcial por Calculose

Nefrectomia Radical com ou sem Linfadenectomia Retroperitonial

Nefrectomia Videolaparoscópica

Nefrectomia Videolaparoscópica do Rim Doador do Transplante Renal

Nefrolitotomia Anatrófica por Calculose Renal

Nefrolitotomia Simples por Calculose Renal

Nefrolitotripsia Associada à Endopielotomia Percutânea

Nefrolitotripsia Percutânea

Nefrolitotripsia Transureteroscópica

Nefrolitotripsia Transureteroscópica com Endopielotomia

Nefropaxia Videolaparoscópica

Nefrostomia Percutânea

Orquidopexia

Orquiectomia Bilateral

Orquiectomia Unilateral por via Inguinal

Pielolitotomia (Calculose Renal)

Pieoloplastia Videolaparoscópica

Postectomia

Prostatectomia para H.P.B. Transvesical ou Retropúbica

Prostatectomia Radical Retropúbica com Linfadenectomia

Prostatectomia Radical Videolaparoscópica

Ressecção Transuretral da Próstata

Ressecção Transuretral de Tumor Vesical

Tratamento Cirúrgico da Hidrocele

Tratamento Cirúrgico da Varicocele

Tratamento Cirúrgico Videolaparoscópico de Cisto Renal

Tratamento Endoscópico da Ureterocele

Ureterolitotomia

Ureterolitotripsia Transureteroscópica

Uretrotomia interna

Ureterolitotomia Videolaparoscópica

Nefroureterectomia Videolaparoscópica

Uretroplastia

Vasectomia

Correção cirúrgica de tortuosidade peniana congênita

Open chat
1
💬 Alguma dúvida?
Olá 👋🏻 Podemos te ajudar?